0 comments on “O último encontro antes da escolha do texto.”

O último encontro antes da escolha do texto.

Sábado (04/05/2019) foi dia de CENA ! O último encontro antes da escolha do texto que será montado. Foram duas aulas: Dramaturgia II e Interpretação, dando sequência ao trabalho que havia sido encaminhado na aula do dia 13/04/2019, que foram ministradas as aula de Cenografia, Figurino, Maquiagem II e Dramaturgia.

A ideia era dividir a turma em grupos e trabalhar simulando uma montagem teatral, uma cena curta de textos escolhidos pelos professores. Nas aulas do dia 13 foi idealizada a construção cenográfica e foi feita uma discussão de autores do Teatro Contemporâneo até o Séc.XX. E nesta aula, dando continuidade a essa atividade, foram selecionados dois textos para serem adaptados e encenados pelos alunos. Houve uma rápida orientação sobre alguns cuidados que devem ser tomados nessa adaptação e os alunos rapidamente escolheram fragmentos dessas dramaturgias para encenar.
As dramaturgias propostas foram: “A Cantora Careca”, de Eugéne Ionesco, texto clássico do Teatro do Absurdo e “Psicose 4:48”, de Sarah Kane, dramaturgia renomada do Teatro Pós-dramático.

Na aula de Interpretação, os grupos trabalharam com duas direções e procedimentos de interpretação diferentes, um sendo direcionado pelo professor Foca Magalhães (A Cantora Careca), o outro pelos prof. Marco Antônio Reis e pela Prof.ª Brenda Perim (Psicose 4:48). O trabalho iniciou com memorização do texto, seguindo para a experimentação dos elementos cênicos, para enfim, rapidamente desembocar na construção dos personagens.

O grupo “Cantora Careca”, trabalhou com a inversão de gênero, monotonia e robotização, aspectos interpretativos que reforçaram as características do Absurdo, causando certo estranhamento.
O grupo “Psicose 4:48” trabalhou com a androginia, por meio dos figurinos, e da interpretação masculina dada a um personagem feminino, e construções de partituras corporais como recurso de interpretação.
Em ambos os grupos houve pelo menos um ator ou atriz que trabalhou a relação com o objeto, utilizando do objeto para reforçar uma ideia interpretativa, como exemplo tivemos a Tatiana “varrendo o chão” de forma robótica em “ A Cantora Careca”.

Ao fim do encontro fizemos uma avaliação da aula. Falamos a respeito das dificuldades e facilidades de cada um, da importância e necessidade da direção, que consegue direcionar o desejo e ansiedade dos alunos e transformá-los em uma força criadora; da necessidade de escolher, e da violência da escolha para que o processo criativo prossiga. Também foi a primeira vez de muitos interpretando um personagem, realizando uma encenação concebida e ensaiada, se relacionando com o público e com o outro ator.

E por fim falamos sobre o que está por vir. No próximo encontro definiremos o texto a ser encenado e pensaremos toda a produção do trabalho.

0 comments on “E Nasce Uma Constelação”

E Nasce Uma Constelação

Exercício de mimese do Grupo criAtua

Os nossos alunos e alunas do EM CENA TEATRO – Oficina de Prática e Montagem estão em ritmo de ascensão. A cada encontro eles nos surpreendem com seu entusiasmo e dedicação. Nesse fim de semana eles escolheram o nome de sua trupe e já criaram a página no Instagram e um blog para registrar seus diários de bordo.

A CENA Escola de Atores – Teatro e Cinema tem a honra de apresentar o Grupo criAtua!

Abaixo uma palhinha do relato de Taty Marques sobre suas vivências na oficina:

Meu Primeiro Relato – Um Resumo dos Primeiros Encontros

O primeiro passo é sempre o mais difícil. No último encontro do grupo (13/04/2019) recebemos a tarefa de criar um Diário de Bordo. Minha primeira reação mental foi: “Ai, Meu Deus! Mais uma coisa para fazer!”. O problema não é o registro em si, mas o tempo que se tem que dedicar a ele. Pensei em fazê-lo por vídeo e percebi que essa é uma barreira que preciso quebrar ainda. Detesto me ver em vídeos! Não me sinto à vontade expondo minha figura. E você deve estar se perguntando o que que estou fazendo no teatro, então. Também já me perguntei isso várias vezes e a resposta é sempre a mesma: eu me sinto feliz nas aulas e eu quero superar minhas limitações. Dito isso e primeiro passo dado, como esta foi a sexta aula, vou resumir minhas impressões dos primeiros cinco encontros:

Primeiro encontro – 09/03/2019

Este foi o encontro com o objetivo de coesão e afinidade entre o grupo. Fizemos uma atividade em que tínhamos de conversar com um colega e depois, na roda, falaríamos dele para o resto do grupo sendo ele, ou seja, interpretando o colega. Foi nosso primeiro exercício de mimese embora ainda não soubéssemos o que a palavra significava. Meu parceiro foi o Alex, um jovem esbelto de 18 anos, muito falante e que gosta de gesticular. Adorei a atividade! Foi muito divertido tentar ser ele. E naquele momento já pude sentir o quanto é difícil dar vida a uma personagem de forma crível. Nas demais atividades, contamos histórias sem pé, nem cabeça; ressignificamos objetos do cotidiano e interpretamos cenas improvisadas. Tudo regado a muita dedicação e seriedade, embora as risadas fizessem coro a cada atividade.

Segundo encontro – 16/03/2019

Recebemos três novos integrantes no grupo: Mônica e Lucca – esposa e filho de Luiz; e Adriano. Trabalhamos o corpo. Foca, um dos nossos ilustres mestres, nos deu uma aula teórica de anatomia e depois partimos para a prática. Tocamos nosso próprio corpo para conhecê-lo melhor. Andamos pelo espaço atentos aos nossos movimentos, ao nosso caminhar, a nossa distribuição de peso, ao nosso equilíbrio. Lembro-me de ter visto muita semelhança entre esses ensinamentos e as práticas marciais orientais nas quais a presença é parte importante do processo. Temos de estar presentes de corpo e alma!

Para continuar lendo acesse o relato completo no blog da turma:
https://grupocriatua.blogspot.com


Quer fazer parte de um grupo seleto que sempre recebe as novidades da CENA em primeira mão? Fale com Molière, nosso Assistente Virtual
Inscreva-se: http://bit.ly/Moliere_Assistente_Virtual

0 comments on “Faça CENA com a gente!”

Faça CENA com a gente!

Estamos elaborando a oferta de cursos para o segundo semestre de 2019 e gostaríamos de ouvir a sua sugestão. Para isso, basta clicar no botão “Quero Sugerir” abaixo e preencher o formulário informando os cursos de seu interesse e os melhores horários para você. Quando as ofertas estiverem disponíveis, você será avisado(a).


Quer fazer parte de um grupo seleto que sempre recebe as novidades da CENA em primeira mão? Fale com Molière, nosso Assistente Virtual
Inscreva-se: http://bit.ly/Moliere_Assistente_Virtual

0 comments on “CONVITE para Ensaio Aberto da Peça Teatral: Buffalo’s Show”

CONVITE para Ensaio Aberto da Peça Teatral: Buffalo’s Show

Buffalo's Show - Folgazões

VOCÊ!

É, você mesmo que sempre se perguntou como funciona a montagem de uma peça teatral.  FIQUE SABENDO que aqui na CENA vai rolar ensaio aberto da nova peça da FOLGAZÕES Companhia de Artes Cênicas e você terá a oportunidade de acompanhar de perto o processo de produção e ainda  tirar suas dúvidas durante o bate-papo que vai rolar com os atores, diretora e equipe ao final da apresentação. MARAVILHA! Né?

Vai ser neste sábado (06/04/19) às 18h com entrada gratuita. Chama os amigos, a família, os cachorros, o periquito, o papagaio (a parte dos bichinhos é brincadeira, hein!) e venha ser transportado para o estado de Iowa, Estados Unidos da América, entre os séculos XIX e XX. O fantástico universo de Buffalo’s Show.

A seguir, alguns detalhes técnicos sobre a produção para você já ir se ambientando e preparando seu caderninho de perguntas.

Sinopse

Buffalo’s Show apresenta o lendário caçador de búfalos e criador dos shows de Velho Oeste, Buffalo Bill, envelhecido e esquecido em sua casa, até que a visita de um antigo conhecido permite o ressurgimento desse grande mito.

Gênero: Tragicomédia

Classificação: Livre

Ficha Técnica:

Texto: Duílio Kuster Cid
Direção: Nieve Mattos
Elenco:
-Leonardo Magalhães – Buffalo Bill
-Duílio Kuster – Zaharoff
-Lorena Lima – Cabocla
Cenário, figurinos e design gráfico: Leonardo Magalhães
Confecção dos figurinos: Regina Schmitt
Criação e operação de luz: André Stefson
Direção musical, sonoplastia e execução de trilha sonora: Dori Santana
Produção: Folgazões Artes Cênicas
Apoio: Secretaria de Cultura do Estado do Espírito Santo – Secult, recursos do Funcultura 2018.


Gostaria de fazer parte da CENA Escola de Atores Teatro e Cinema? Clique no botão abaixo e preencha a ficha de interesse. Assim que novas turmas forem abertas, você será avisado(a).

0 comments on “Início da Nova Turma de Prática e Montagem Teatral na Cena”

Início da Nova Turma de Prática e Montagem Teatral na Cena

Alunos e professores da segunda turma da oficina EM CENA TEATRO (2019) – Da esquerda para direita de pé: Emerson, Liandra, Luiz, Igor, Oswaldo, Marcelo, Tatiana, Foca (Professor), Hiáscara. Deitados: Brenda (Professora), Alex e Marco (Professor).


Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça é a nova turma da CENA que chega enchendo o palco com raça.

No último sábado, dia 09, teve início a nossa segunda turma da oficina Em Cena Teatro – Prática e Montagem. O corpo docente da CENA teve a feliz surpresa de encontrar um grupo mega talentoso e heterogêneo. Dentre os aprendizes temos profissionais publicitários, cerimonialista, economista, engenheiro, professora e estudantes. Uma diversidade de experiências, biotipos e sonhos que se juntaram para aprender sobre interpretação e como montar um espetáculo cênico do começo ao fim.

Porque sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto – ah, meu amigo! – é realidade. E já no primeiro encontro, essa trupe se entregou de corpo e alma aos jogos teatrais e demonstrou que não está aqui só para sonhar, mas também para realizar. O profissionalismo que a prática exige já pode ser sentido desde os primeiros exercícios, nos quais todos se mostraram dispostos e atentos a tudo que estava sendo proposto. Nas cenas de improvisação tivemos: dinossauros prestes a serem atingidos por um meteoro; mãe e filho brigando no cinema; bafão de ciúmes no ônibus; e para não dizer que só falamos de “flores”, houve briga política na sauna; professor tendo de lidar com assédio em sala de aula; e até criança tentando superar o medo de palhaço. A criatividade definitivamente não encontrou limites para esse grupo.

Teatro é isso! Uma mistura gostosa de imaginação, disposição, suor e lágrimas. Sejam de alegria ou de tristeza, todos os sentimentos têm sua vez na representação de cada artista que se forma em nosso palco.

E você? Também gostaria de colocar seu potencial à prova? Anseia por  brilhar nos palcos da vida? Sempre teve curiosidade de saber como é fazer teatro? Ou quer somente dominar sua timidez?

Aproveita que as inscrições para esta turma ainda estão abertas até o dia 23 de março. Enquanto as águas de março não fecharem o verão a promessa de vida está em nossos corações. Ainda dá tempo de fazer parte deste maravilhoso grupo – “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

Você é protagonista da sua vida. Entre em cena.

#vempraCENA

Ficou interessado(a)? Preencha o formulário de espera abaixo que assim que abrirem novas vagas nós entraremos em contato.


Referências musicais usadas no texto:

Garota de Ipanema – Tom Jobim
Prelúdio – Raul Seixas
Águas de Março – Tom Jobim
Pra não dizer que não falei das flores – Geraldo Vandré