Lorena Lima nasceu em Belém do Pará, residiu dez anos em São Paulo, onde iniciou os seus primeiros contatos com o teatro aos 16 anos, e desde 1994 mora no Estado do Espírito Santo. Formou-se em atriz em 2007 pela Escola de Qualificação Profissional em Teatro, Dança e Música FAFI em Vitória/ES, e no mesmo ano fundou o Grupo Beta de Teatro juntamente com a atriz Telma Smith. 

Além de atriz, escritora, dramaturga, diretora, produtora cultural e educadora social, é graduanda em licenciatura em Artes Visuais na Faculdade Claretiano/ES. Lançou três obras literárias infanto-juvenil – A Menina Cão (2013), que em 2016 estreou também como espetáculo (dramaturgia e direção da autora), Os Irmãos de Papel (2014) e a Carteira Voadora (2016)

Em 2017 juntamente com 14 mulheres, participou do lançamento do e-book Elas Tramam de dramaturgias femininas, com o texto Café às Quatro. No teatro atuou em vários espetáculos, com o seu Grupo, e em parceria com outros Grupos do Espírito Santo. Dentre eles Descalça? e O Coração Delator (Grupo Beta de Teatro), A Lenda do Reino Partido (Grupo Folgazões), Dom Casmurro e Curupira (Grupo Z de Teatro), Credores (Grupo Boyácha), A Feira (Grupo Vira Lata de Teatro). Com artistas de outros lugares, compartilhou experiências com o Diretor e Dramaturgo Rodrigo Portella da Cia. Cortejo/RJ, Aline Ferraz Diretora/SP), Fernando Yamamoto Diretor do Grupo Clows de Shakespeare/PB, Babaya Morais – Preparadora Vocal/BH, Francesca Della Monica – Preparadora Vocal/Itália, Eduardo Tolentino do Grupo Tapa de teatro/SP, Gordo Neto do Grupo Vilavox/BA, Verônica Reis da Cia. Atores de Laura/RJ, Inês Peixoto e Lydia Del Picchia/Grupo Galpão/BH, dentre outros.

No cinema, atuou no longa metragem ENTRETURNOS onde protagonizou a personagem Leia, ao lado de Luis Miranda e Milhem Cortaz (Diretor Edson Ferreira), e nos curtas Pão de Rosas (Diretora Daniela Camila), Ano Passado Eu Morri (Diretor Rodrigo Oliveira), Guerra Fria e Embaraçadas (Diretor Paulo Senna) entre outros.